Odisseia do Escritor

Fórum para postarmos os nossos contos!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 O PATRANHEIRO

Ir em baixo 
AutorMensagem
Queirós

avatar

Mensagens : 65
Pontos : 15827
Data de inscrição : 23/06/2014

MensagemAssunto: O PATRANHEIRO   Sab Jun 28, 2014 1:05 pm

AVISO! O Patranheiro é um texto longo e cansativo, de forma que, no intuito de apaziguar tais sintomas, recomendo que a leitura seja feita pelo recanto das letras: http://www.recantodasletras.com.br/contos/4854740 e os comentários aqui.




Última edição por Queirós em Sex Jul 04, 2014 7:19 pm, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Indy J

avatar

Mensagens : 118
Pontos : 15856
Data de inscrição : 27/06/2014
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Sab Jun 28, 2014 1:26 pm

Uau. Me arrastou pra vida do Jônio, pra necessidade da distância e descrença. Escrita maravilhosa, sinceramente. Algo cru e seco, ao mesmo tempo que sarcástico e permissivo do aprofundamento necessário das personagens. Adorei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.subcomum.blogspot.com/
Ademar Ribeiro

avatar

Mensagens : 181
Pontos : 15957
Data de inscrição : 23/06/2014
Idade : 36
Localização : SBC - SP

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Dom Jun 29, 2014 8:18 am

O que eu mais gostei foi o fato de um conto de terror nos causar realmente um terror. Isso é O Patranheiro. Já havia comentado antes, mas agora aqui eu reforço, seu conto na minha humilde opinião foi o melhor pelo simples motivo: Ele nos leva a angustia na qual sofre o personagem. De verdade, me senti tão agoniado quanto o tal Jônio. Acho que é por ai, muitos aqui escrevem sobre mortes bizarras, terror psicológicos, criaturas fantásticas, mas o real medo só o encontrei aqui. Parabéns. Há excedeu muitas palavras, seja mais econômico na próxima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carol Rodriguez

avatar

Mensagens : 45
Pontos : 15799
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Seg Jun 30, 2014 12:07 pm

Certo, me deu medo de verdade. Quero casar com sua narrativa. Quando marcamos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Estela Goldenstein

avatar

Mensagens : 48
Pontos : 15774
Data de inscrição : 27/06/2014
Idade : 36
Localização : Paranagua-PR

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Seg Jun 30, 2014 9:47 pm

Ainda bem que o autor avisou que a leitura dessa narrativa era difícil, tem q ficar atento pra não se perder naquele negócio de ou... ou... e no final q a coisa complica de vez, tive q reler algumas vezes pra saber de quem era a voz jonio, diabo,narrador,escritor, e foram justamente essas características que na minha humilde opinião deram originalidade ao texto! parabéns.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tammy Marinho

avatar

Mensagens : 141
Pontos : 15887
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Seg Jul 07, 2014 10:02 am

Finalmente consegui ler.
Texto intenso, narrativa direta e, ainda assim, aprofundada.
Foi enriquecedor entrar na mente do Jônio, ou melhor, do Diabo.
Parabéns pela escrita!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DARA METZLI



Mensagens : 34
Pontos : 15688
Data de inscrição : 04/07/2014

Ficha do Autor
Competência:
Contos Vencedores:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   Sab Jul 19, 2014 8:01 am

Cara eu adorei o Diabo que escreve!
Ele é tão desprezível que me apego a ele!

Ainda bem que li na luz, na calma do silêncio da manhã

É assim que me sinto nas minhas paralisias do sono!

Carlito, eu já sabia, mas lendo isso eu confirmei, estou apaixonada!! Hahahaha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O PATRANHEIRO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O PATRANHEIRO
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Odisseia do Escritor :: Contos :: Poste aqui seus contos do mês de Junho/2014-
Ir para: