Odisseia do Escritor

Fórum para postarmos os nossos contos!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 É isso, obrigado

Ir em baixo 
AutorMensagem
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: É isso, obrigado   Sab Set 06, 2014 10:33 pm

Ela tinha a manha. Sabia exatamente o que fazer. No primeiro descer e subir da cabeça umedeceu os lábios e babou em mim.

O sutiã saiu fácil, os peitos dela ajudaram. Foi só passar uma das mãos no fecho, e os peitos empurraram o pano, fazendo as alças caírem pelos braços. Me disseram que se você se atrapalha na hora de tirar o sutiã, fica na cara que não sabe o que está fazendo. Eu fui entender bem depois que isso não significa porra nenhuma, me enrolo com alguns até hoje.

Ela queria chupar um pouco mais, envolvia todo o meu pau com a boca, e, quando os lábios tocavam a base, ela me mostrava os dentes; aquela sensação de ter o pau prestes a ser arrancado era ótima, não sei como. As sobrancelhas pareciam dançar conforme a mesma música. Ela me olhava com aquela feição louca, os olhos sempre abertos, e, de vez em quando, fingia se engasgar, para eu me sentir mais homem. Juntava os lábios e salivava na glande, empurrando com a mão, me masturbando e aproveitando para lubrificar o freio. Por alguns instantes, tinha que lhe segurar no cabelo. Não para ajudá-la no movimento, claro, ela sabia exatamente o caminho, mas justamente para poder aproveitar mais aquilo. O grande problema da primeira vez de um cara, sim, era a minha primeira, é achar que vai gozar logo de cara. Ela insistiu, e, como era muito boa naquilo, foi o que aconteceu. Eu segurei o cabelo, para afastar aquela máquina de chupar de mim, mas não deu, gozei. Ela deu um jeito de pegar boa parte com a boca, o resto caiu nos meus pentelhos, que ganharam o mesmo brilho dos meus olhos naquele momento tão sublime. Ela se levantou, ajeitou o sutiã de volta nos peitos – e só então eu percebi que eu mal tinha tocado-os – e foi até o banheiro.

O quarto era grande, tinha espaço para andar em volta da cama, especialmente em frente desta. À minha frente, uma cortina fina cobria quase completamente uma grande veneziana prateada. Pelos poros da janela, o vento lambia levemente a cortina, e aquele movimento parecia se repetir na minha espinha, que gelava.

Ouvi uma escarrada e o barulho da torneira. A luz do banheiro se apagou, ela retornou e já foi logo sentando em mim. Antes que eu pensasse em ter uma nova ereção, a vi ajeitando meu pau, já incrivelmente duro, para dentro de sua buceta, linda, com penugem castanho-claro em formato e I. “Como é bom ser jovem”, eu pensei. Me preocupei nos primeiros dois minutos em não gozar de novo, mas percebi que dali não saía leite tão cedo. Sentia que ia explodir, mas só vinham alguns espasmos e eu continuava em pé.

Comecei a aproveitar mesmo depois de uns bons minutos da coisa rolando. Repousei minhas mãos nas coxas dela e dobrei o pescoço para olhar melhor para o rosto. Fazia expressões incríveis, nunca voltaria a ver uma atuação tão boa, ao vivo ou nos filmes. Ela jogava a cabeça para trás, me olhava, sorria e mordia os lábios – como não poderia deixar de acontecer. Quando me viu ali, com as mãos tão perdidas quanto os olhos, deu um jeito de levá-las das coxas aos peitos. Eu apenas os alisei, por um momento, e, ao tocar os indicadores nos mamilos, pirei. Me empolguei ao ponto de apertá-los com força; ela gritou. Pensei que estava tudo acabado e já tinha recolhido minhas mãos, quando ela as resgatou novamente e disse “faz de novo”. Obedeci. Ela gritou de novo. Aqueles dois gritos pareciam ainda mais mágicos, muito mais que todo o resto até ali.

A segurei pela cintura e forcei seu corpo para cima e para baixo, o meu pau acompanhando o movimento, no sentido contrário. Às vezes, claro, eu subia na hora errada, mas logo marcava o passo de novo. Minhas coxas de encontro às dela. Batíamos palmas, palmas que ecoavam por todo o quarto e faziam a veneziana vibrar. Mas o ápice da minha parte na encenação ainda estava por vir.

Saiu de mim, sei lá como, tão natural quanto o jato viscoso minutos antes. “Fica de quatro”, eu disse, me apoiando no osso da bacia, jogando ela para a outra metade da enorme cama encharcada de suor. Ela gostou daquilo. Sorriu, obedeceu e jogou, novamente, os cabelos para trás, os oferecendo como as rédeas de um cavalo. Eu enrolei uma mão neles e com a outra empurrei o meu pau em sua fenda, que brilhava na meia-luz. Uma vez dentro dela, apoiei a mesma mão em suas costas, nas linhas que lhe subiam elegantemente até o pescoço. Ficavam mais marcadas, à medida que ela se inclinava com os puxões de cabelo. Meu pau parecia entrar cada vez mais fundo e achar cada vez mais água. Mergulhei naquele recém-descoberto poço seguidas e intensas vezes, até sentir não só espasmos, mas uma nova e quente explosão. Foram os melhores quinze minutos da minha vida. Gastei os outros quinze lhe perguntando coisas sem sentido, como filmes e bandas que gostava. Coloquei a roupa e, como já estava tudo pago, falei ‘bom, é isso’, lhe dei um aperto de mão, ela sorriu, eu saí pela porta e nunca mais a vi.


Última edição por murillomagaroti23 em Seg Set 08, 2014 6:35 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rogério Silva

avatar

Mensagens : 92
Pontos : 15176
Data de inscrição : 06/07/2014
Idade : 50
Localização : Rio de Janeiro

Ficha do Autor
Competência:
Contos Vencedores:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Seg Set 08, 2014 3:46 pm

Murilo

Interessante o texto. Curto e grosso, mais pornográfico que erótico, mas bom.  Sugiro uma correção:
"Sentia que ia explodir, mas só vinham alguns espasmos e eu continua em pé", para
"Sentia que ia explodir, mas só vinham alguns espasmos e eu continuava em pé".
no mais, não vi erros de pontuação.
Abraços,

Rogério Silva

_________________
Eu tentei ficar calmo e chamar o Batman, mas não achei as Páginas Amarelas de Gotham City... Rolling Eyes Rolling Eyes Sad Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://friccaocarioca.blogspot.com.br/
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Seg Set 08, 2014 6:29 pm

Corrigido. Não tinha visto que estava no presente. Valeu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tammy Marinho

avatar

Mensagens : 141
Pontos : 15327
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 10, 2014 1:24 am

Pois, bem...

Eu li esse texto assim que ele foi postado, mas só agora tomei coragem pra comentar (o que ainda não sei)

Eu, digo EU (Tammy Marinho) não me agrado muito da linguagem empregada por ti em questão dos termos sexuais. No meu ver isso deixa tudo menos harmonioso. Mas ressaltando que é uma questão de gosto PESSOAL.
Então eu trocaria todo o linguajar usado. (isso não é sugestão.)

Entretanto, me agradou a maneira como você passa a "insegurança" do protagonista, ou mesmo a maneira com a qual ele parece impressionado em alguns trechos. Isso foi passado de uma maneira tênue, sem forçar a barra.

Seja Bem, Vinda!
E nos veremos mês que vem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ademar Ribeiro

avatar

Mensagens : 181
Pontos : 15397
Data de inscrição : 23/06/2014
Idade : 36
Localização : SBC - SP

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 10, 2014 5:58 pm

Olá Murilo, e não é que teve ponografia mesmo. Cara eu não leio este tipo de texto, não os consumo, o que li até hoje foram me apresentados de formas aleatórias. Sendo assim não saberei criticar tal texto por subgênero em sim. Não tenho embasamento nenhum para isso. Mas como um leitor, sabe-se que os leitores são chatos não é? Achei que faltou uma pouco mais de descrição dos personagens e ambientação. Sabe, para imaginarmos como são e como estão de fato na cena. Do jeito que nos mostrou, parece uma visão de lupa, uma ampliação da penetração, manja nos filmes pornos quando os caras fecham na penetração, onde só da para ver, bunda, vagina, saco e pênis? Foi isso que me pareceu. Eu curti, mas acho que tu pode melhorar mais um pouco. A questão abordada por Tammy me agradou, achei fantástica a impressão e o receio da primeira vez de uma homem. No mais, espero que leia os textos e deixe sua impressão, te espero mês que vem.

_________________
Espero que leia os outros textos e deixe sua impressão. Te espero mês que vem. Sem mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 10, 2014 9:53 pm

Tammy, acho estranho falar 'vagina', por exemplo, se é o que quer dizer. Obrigado pelo comentário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 10, 2014 9:58 pm

Ademar, quando eu terminei o conto, fiquei um pouco decepcionado. Julguei não ter tanta pornografia assim. Sobre o outro tópico levantado, como optei em utilizar a primeira pessoa, acredito que seja necessário limitar a parte que se refere à descrição. O cenário foi descrito, por exemplo, apenas no pouco tempo em que a moça estava no banheiro, e preferi que meu personagem tivesse mais lembranças sobre o que foi feito ali do que se ela tinha cabelo assim e assado. Descrevi ainda, mas apenas a expressão que ela tinha no rosto, as sobrancelhas e as linhas nas costas. Já li alguns textos e os comentarei em breve.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tammy Marinho

avatar

Mensagens : 141
Pontos : 15327
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 10, 2014 11:27 pm

murillomagaroti23 escreveu:
Tammy, acho estranho falar 'vagina', por exemplo, se é o que quer dizer. Obrigado pelo comentário.

Também não...
Eu prefiro subjetividade, metáfora... Vagina seria apenas o literal, concreto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Queirós

avatar

Mensagens : 65
Pontos : 15267
Data de inscrição : 23/06/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qui Set 11, 2014 11:34 am


Murillo, achei o texto excelente! Dizem nossos colegas que é mais isso do que aquilo. Pornografia, erotismo, amor... tudo bobagens. Um poeta dirá que o erotismo é flores, um advogado dirá que é direito. Um jovem de quinze anos que tem sua primeira vez tão intensa, narrará seus prazeres na sua linguagem, sob o prisma de sua vivência. O seu protagonista é convincente.

A pornografia é somente o lado rebelde do erotismo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carol Rodriguez

avatar

Mensagens : 45
Pontos : 15239
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Sex Set 12, 2014 8:56 pm

Eu adorei seu conto! Na verdade, achei engraçado e desatei a rir no final, por causa da ironia.
Já estava toda ''que inusitado ele gostar de uma guria que sabe mais e não criticá-la por isso'' e no fim ela é prostituta, lol.
Achei sua escrita fácil de ler e me manteve interessada. Eu senti como ele. E nada demais sobre o linguajar, já vi textos mais pesados... Até poemas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lupus Venator



Mensagens : 6
Pontos : 14406
Data de inscrição : 11/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Sex Set 12, 2014 10:12 pm

Muito bom texto. Optou por uma história bem direta e curta, mas mesmo assim, ao meu ver, se saiu muito bem quanto a expressar os sentimentos do personagem, as impressões de uma primeira vez. Parabéns!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Dom Set 14, 2014 12:35 am

Eu não disse que ela é prostituta, Carol. ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DARA METZLI



Mensagens : 34
Pontos : 15128
Data de inscrição : 04/07/2014

Ficha do Autor
Competência:
Contos Vencedores:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Dom Set 14, 2014 2:26 pm

Sua personagem é uma "desvirginadora" eu soube desde o início, me identifiquei com a personagem, acho que todo homem precisa de uma dessas, aliás todos deveriam ter uma primeira vez tendo prazer, com direito a serem estimulados totalmente sem se importar com pudores e inexperiência!

A vergonha de ser virgem torna a primeira vez sem graça!

Primeira vez deve ser a mais prazerosa,são sensações novas e delas devemos gozar, como a primeira vez que experimenta seu doce favorito!

É isso, até mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carol Rodriguez

avatar

Mensagens : 45
Pontos : 15239
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Seg Set 15, 2014 8:10 pm

murillomagaroti23 escreveu:
Eu não disse que ela é prostituta, Carol. ;D


Mas deu dinheiro a ela, ué.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Seg Set 15, 2014 8:23 pm

Carol Rodriguez escreveu:
murillomagaroti23 escreveu:
Eu não disse que ela é prostituta, Carol. ;D


Mas deu dinheiro a ela, ué.

Ok, ela é prostituta, tá. Mas o dinheiro poderia ter sido usado para pagar o quarto. rs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Indy J

avatar

Mensagens : 118
Pontos : 15296
Data de inscrição : 27/06/2014
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Ter Set 16, 2014 7:59 pm

Oi. 

Poxa, eu tô com o Ademar nessa. O conto é pra ser um recorte, sim, de tamanhos que variam de acordo com o gosto do autor, sim, mas... faltou integração entre leitor e leitura, sabe? Uma narrativa que teve mais prejuízos por ser dinâmica do que lucros em termos de coesão e convencimento.

Não se afugente! Volte todo mês!

_________________
Por que escrever? Porque escrever.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.subcomum.blogspot.com/
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Ter Set 16, 2014 9:50 pm

Indy J escreveu:
Oi. 

Poxa, eu tô com o Ademar nessa. O conto é pra ser um recorte, sim, de tamanhos que variam de acordo com o gosto do autor, sim, mas... faltou integração entre leitor e leitura, sabe? Uma narrativa que teve mais prejuízos por ser dinâmica do que lucros em termos de coesão e convencimento.

Não se afugente! Volte todo mês!


Bom, cara. Não sei qual é o ponto, mas isso é meio subjetivo, né. Me diga quais foram os prejuízos e talvez eu possa melhorar. Ou não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Indy J

avatar

Mensagens : 118
Pontos : 15296
Data de inscrição : 27/06/2014
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Ter Set 16, 2014 9:59 pm

Assim: quando o conto é todo centrado no despertar de uma emoção ou sensação, seja a apreensão no terror, a graça e divertimento na comédia ou o tesão/curiosidade sexual no erótico, precisa ter uma boa e temática construção de personagens e de cenário, pra que o leitor se identifique mais com o que tá acontecendo e se sinta mais presente, menos alienígena à situação como um todo a fim de realmente engajá-lo na leitura e na sensação que se quer despertar. É isso!

_________________
Por que escrever? Porque escrever.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.subcomum.blogspot.com/
Vinícius Tadeu



Mensagens : 52
Pontos : 14462
Data de inscrição : 11/09/2014

Ficha do Autor
Competência:
Contos Vencedores:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 17, 2014 7:33 am

Murilo, de fato é muito difícil saber onde termina o erotismo e começa a pornografia, não sei se alguém sabe; mas não achei o conto pornográfico. Porém, minha opinião não conta muito, até entrar no grupo não lia eróticos desde os 16, hoje há inverti os números; isso quando li a série "Giselle, a espião nua que abalou Paris".
O texto prende a atenção e põe a imaginar, acredito ser o que basta para considerar um bom conto; mesmo assim, eu, você e o Ademar vamos ter que nos contentar com outros gêneros; não acredito em sucesso para nós nos eróticos.
Abraço Fraterno
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Weslley Reis

avatar

Mensagens : 43
Pontos : 14881
Data de inscrição : 30/07/2014
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 17, 2014 9:36 am

Gostei do estilo da escrita. Dinâmica e fluida, faz o texto parecer menor do que é. Eu tenho uma certa fixação por construção de personagens, creio que esse é o principal fator de um texto., no caso da menina eu consigo sacar sua profissão e conduta pelas dicas do protagonista, mas apenas em conotação sexual. O artífice de construção que você usou é excelente, mas o fato de já comecar no sexo deu pouca profundidade aos personagens.

Nada disso o torna um conto ruim, mas to ansioso pra ver algo seu mais trabalhado.

Parabéns
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 17, 2014 11:28 am

Weslley Reis escreveu:
Gostei do estilo da escrita. Dinâmica e fluida, faz o texto parecer menor do que é. Eu tenho uma certa fixação por construção de personagens, creio que esse é o principal fator de um texto., no caso da menina eu consigo sacar sua profissão e conduta pelas dicas do protagonista, mas apenas em conotação sexual. O artífice de construção que você usou é excelente, mas o fato de já comecar no sexo deu pouca profundidade aos personagens.

Nada disso o torna um conto ruim, mas to ansioso pra ver algo seu mais trabalhado.

Parabéns

Acho que isso responde aos outros também: eu normalmente parto de uma ideia, que consiste em uma frase. Ela pode estar no meio do texto, no final, ou no começo, como foi o caso. Não sei se contaria minha primeira vez, falando, por exemplo, o que era uma opção, de como o prédio era, como foi a ida até lá ou como eu me sentia em falar sobre a minha virgindade para os outros, ou não falava. Eu creio que começaria mesmo pelo ato. Eu dificilmente penso quais sensações o leitor vai ter, como foi mencionado por outro colega, só tento fazer um bom texto, algo bom de ser lido, o que já é uma boa sensação. Se alcanço isso, me dou por satisfeito, mas vou tentar levar em consideração o que foi dito aqui no fórum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murillomagaroti23

avatar

Mensagens : 26
Pontos : 14502
Data de inscrição : 03/09/2014

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qua Set 17, 2014 11:33 am

Vinícius Tadeu escreveu:
Murilo, de fato é muito difícil saber onde termina o erotismo e começa a pornografia, não sei se alguém sabe; mas não achei o conto pornográfico. Porém, minha opinião não conta muito, até entrar no grupo não lia eróticos desde os 16, hoje há inverti os números; isso quando li a série "Giselle, a espião nua que abalou Paris".
O texto prende a atenção e põe a imaginar, acredito ser o que basta para considerar um bom conto; mesmo assim, eu, você e o Ademar vamos ter que nos contentar com outros gêneros; não acredito em sucesso para nós nos eróticos.
Abraço Fraterno

Eu disse pra um admin que queria fazer pornografia, e ele me deu o 'ok'. rs

Mas acho difícil definir pornografia e erotismo em literatura. Quer dizer... num filme, isso é bem mais fácil de ser observado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ademar Ribeiro

avatar

Mensagens : 181
Pontos : 15397
Data de inscrição : 23/06/2014
Idade : 36
Localização : SBC - SP

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Qui Set 18, 2014 2:11 pm

murillomagaroti23 escreveu:
Ademar, quando eu terminei o conto, fiquei um pouco decepcionado. Julguei não ter tanta pornografia assim. Sobre o outro tópico levantado, como optei em utilizar a primeira pessoa, acredito que seja necessário limitar a parte que se refere à descrição. O cenário foi descrito, por exemplo, apenas no pouco tempo em que a moça estava no banheiro, e preferi que meu personagem tivesse mais lembranças sobre o que foi feito ali do que se ela tinha cabelo assim e assado. Descrevi ainda, mas apenas a expressão que ela tinha no rosto, as sobrancelhas e as linhas nas costas. Já li alguns textos e os comentarei em breve.
Você tem razão no aspecto das descrições. Se pararmos para pensar o que nos vem à cabeça quando se fala em primeira vez? Você lembra das cores da parede, lençol, roupas, como estava o cabelo da parceira, que marca de camisinha usou... Lendo sua réplica cai em si, seu texto foi muito bem elaborado, usando da lógica humana. Parabéns mais uma vez!

_________________
Espero que leia os outros textos e deixe sua impressão. Te espero mês que vem. Sem mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Patricia Souza
Admin
avatar

Mensagens : 118
Pontos : 15331
Data de inscrição : 23/06/2014
Idade : 32
Localização : Niterói, RJ

Ficha do Autor
Competência: Analista Ébrio
Contos Vencedores:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   Ter Set 23, 2014 12:56 am

Querido Murilo, bem vindo!

Esse pessoal aí não tá sabendo de nada! Teu conto foi o primeiro a ir direto ao ponto, dos que eu li. É cru e visceral na medida certa. Lendo teu texto, eu era o personagem, mesmo não tendo um pênis para entender 100% o que tava acontecendo ali, eu senti a boca da entendida em mim. (aaaand that's what she said)

Parabéns e volte sempre!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://http:\\rouxinoldeprata.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: É isso, obrigado   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
É isso, obrigado
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [EXCLUIR] Por favor podem excluir meu tópico Obrigado
» Flecha de sargitario quebrada
» Apresentação
» compra de mota (ajuda sff) podem bloquear sff obrigado
» Espirito Motard? O que é isso?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Odisseia do Escritor :: Contos :: Poste aqui seus contos do mês de Setembro/2014-
Ir para: